Quando algo é lançado, a empresa responsável pelo produto pode apenas tentar prever seu impacto no mercado e, já de antemão, tentar preparar este produto para uma vida longa e lucrativa… Mas nem a Rockstar poderia prever o meteoro multimilionário no qual tornou-se Grand Theft Auto V - muito menos que o complemento de GTA Online conseguiria ultrapassar ainda mais estes limites.

Pois é, com o monstruoso sucesso do modo online - que recentemente ganhou seu Cassino -, muita coisa que o estúdio estava inicialmente planejando trazer para o GTA V (single player) acabou sendo cancelado ou adaptado como DLCs para o GTA Online. Um dos projetos abortados foi um Apocalipse Zumbi.

Um famoso leaker na comunidade da Rockstar conhecido como Tez2 revelou que, lá em 2014,  descobriu no código de GTA V menções a uma grande expansão que traria um mundo destruído e invadido por mortos-vivos no estilo The Walking Dead:

"Os planos da Rockstar Games com esta DLC para o single player podem ser comparados com a adição de uma expansão inteira para o mapa. Estavam planejando redesenhar de 80 a 90% do mapa de jogo. Em um destes episódios, o objetivo era termos um Apocalipse Zumbi - a Rockstar faria alterações no mapa inteiro para encaixar esta temática."

Como já dito, o sucesso de GTA Online fez com que a Rockstar mudasse muitos planos para priorizar o suporte à este modo. Mas um mapa inteiro adaptado para um mundo pós-praga zumbi que nos colocasse em uma realidade de State of Decay? Ah, isso nós aqui gostaríamos de ter visto em GTA