Certo caso polêmico vem chamando a atenção dos gamers pela internet, e é protagonizado por ninguém menos que a Sony a fazer uma lambança das grandes com um usuário de sua PSN.

Um árabe, que legitimamente chama-se Jihad Al-Moffada, está em uma verdadeira batalha contra a empresa japonesa por ter tido sua conta na PSN banida com todos os seus 180 jogos comprados. O motivo é nada menos que o nome do rapaz, que é considerado ofensivo para os padrões de uso da empresa – isto a despeito de Jihad já ter enviado à eles seus documentos comprovando que este é de fato seu nome de registro.

A Sony chegou a mudar de idéia sobre o caso uma vez e prometeu retirar o banimento da conta mediante a alteração no nome de exibição, só para voltar atrás novamente em seguida sem nem dar tempo ao rapaz de fazer o proposto. Segundo a empresa em email, eles preocupam-se com “toda a comunidade de jogadores e, já que a existência dessa conta tem um significado ofensivo para um grupo grande de membros, ela precisava ser banida em definitivo.”

Após Jihad levar o caso à publicidade do Reddit e Twitter e receber o apoio de centenas de outros usuários, a Sony novamente voltou atrás e o permitiu trocar o nome para desbanir a conta – ainda que “Jihad” conste mesmo na identidade do rapaz, e que seja tido como “um nome árabe bastante comum” na cultura de seu país.

Será que a dona Sony vai levar um processinho de leve depois de tanta dor de cabeça?