Como listado recentemente em nosso artigo sobre os lançamentos do mês de junho, o no mínimo improvável Shaq Fu: A Legend Reborn chegou nesta semana para PS4, Xbox One, Nintendo Switch e PC. Trata-se de um bom game estilo beat’em up (como os clássicos Final Fight e Streets of Rage, por exemplo) com gráficos cartunizados (lembram os de Fortnite), descompromissado e divertido – acredite, já o experimentamos.

O que muita gente talvez não saiba é que esta aventura do ex-astro da NBA Shaquille O’Neal não é sua primeira nos games – em 1994, o Mega Drive e SNES conheceram Shaq Fu como um game de luta... E um dos PIORES de todos os tempos, sem dúvidas.

Se no clássico da tosqueira, nosso amigo Shaq enfrentava monstros, bruxos e até uma múmia com golpes de artes marciais, nesta nova jornada a missão é diferente (mas tão absurda o quanto): a premissa de Shaq Fu: A Legend Reborn é "detonar hordas do inferno e de Hollywood usando combos devastadores".

Com este título, Shaquille O’Neal sem dúvida tenta resgatar seu legado no mundo dos videogames, o que consegue com até certo sucesso. A Legend Reborn não é nem de longe o melhor jogo de todos os tempos, mas é bastante divertido com sua atmosfera descontraída e bem-humorada. A ação, no entanto, é meio repetitiva.

Caso curta um game “zoeiro” pra sentar a porrada em capangas sem compromisso, recomendamos que dê uma chance à Shaq Fu: A Legend Reborn – e, só pra não perder o costume, também aconselhamos que dê uma conferida (por emulador mesmo) no antigo Shaq... Uma verdadeira pérola!