Cinema, parques temáticos e mercado de games Mobile: a Nintendo tem neste momento seu foco em muitas outras mídias além de seu fenômeno chamado Switch. Mesmo já tendo vendido mais de 9 milhões de unidades somente nos Estados Unidos, o console híbrido poderá não ter um sucessor no futuro – isto vai depender do mercado.

As palavras do atual presidente da Nintendo, Shuntaro Furukawa, deixam claro que o foco da empresa é continuar a trazer experiências de jogo diversificadas aos seus consumidores, e talvez futuramente os consoles deixem de ser o melhor canal para a entrega destas citadas experiências.

“Não estamos totalmente fixados em nossos consoles. (...) No momento, nós oferecemos o singular Nintendo Switch e os seus games, e é nisso que nós estamos nos baseando para oferecer uma 'experiência Nintendo'. Dito isto, a tecnologia muda. Continuaremos a pensar de forma flexível sobre como entregar essa experiência com o passar do tempo.

Passaram-se mais de 30 anos desde que começamos a desenvolver consoles. A história da Nintendo é mais antiga do que isso, e ao longo de todos os desafios que enfrentaram, a única coisa na qual pensaram foi o que fazer em seguida. A longo prazo, talvez o nosso foco enquanto negócio possa afastar-se das plataformas domésticas.”

A citada aposta em filmes, parques temáticos e games Mobile foram mencionadas por Furukawa como “formas diferentes de inserirem os personagens Nintendo no dia-a-dia de seus fãs”. Será mesmo que a Nintendo vai seguir por este caminho?