Depois da tragédia que foi a primeira versão de Sonic para os cinemas, lá no finalzinho de 2019, ninguém poderia esperar que o filme se tornasse um sucesso. Mas isso de fato aconteceu, após uma repaginação total no visual do ouriço super-sônico, o que deixou novamente o mascote da SEGA sob grandes holofotes. Na verdade, o sucesso foi tão grande que ofuscou outro filme com o qual concorreu nos cinemas: Arlequina: Aves de Rapina afundou feio nas bilheterias, e muitos fãs do filme da DC culparam Sonic por isso (de forma completamente injusta, é claro).

Diante desta polêmica, uma redatora britânica fez uma “brincadeira” em, forma de sugestão (possivelmente à SEGA, criadora do personagem): "ainda há muito que não nos disseram sobre o borrão azul que coleciona anéis, como a sua sexualidade", e assim sendo, ela propõe que Sonic poderia se tornar um "ícone LGBTQ+".

A redatora em questão chama-se Helen Ashcroft, e faz parte da equipe do TheGamer. Para ela, Sonic poderia ser “transformado” em um personagem gay em prol da representatividade deste público nos games - algo que teria bastante peso diante não apenas do legado do ouriço, como também do atual sucesso do qual desfruta. E dá dicas e pistas para sustentar sua ideia:

*Sonic nunca se interessou em Amy ou em Rogue, personagens femininas da franquia;

*Sonic e Tails tem um relacionamento que “poderia se tornar mais do que apenas amigos”, elevando sua amizade “ao próximo nível”;

*Sobre Sonic e Knuckles, o melhor é simplesmente partir direto para as palavras dela mesmo: "Eles têm muita química. Parecem ter um relacionamento adverso homoerótico com carga sexual" - e, portanto, poderiam assumirem-se um casal;

*Para fechar, Ashcroft cita o chamado “Gay Is The Way”, e sugere que a sexualidade de Sonic deve ser redefinida para equilibrar as escalas de "representação nos games".

Ela finaliza dizendo que tudo deveria ser encarado pelos leitores do artigo “como uma brincadeira leve”, e que gosta de pensar que “Sonic estaria rindo conosco” de tudo exposto alí. Claro que muita gente não levou na brincadeira e achou até mesmo ofensivo - eu particularmente achei bem deturpada a visão de Sonic e Tails de outra forma senão aquele sentimento fraternal de “irmão mais velho e irmão mais novo”.

E você, o que acha disso? Só uma brincadeira boba ou uma falta de respeito? Ainda mais para com o personagem que jamais demonstrou em suas aventuras nenhum apelo sexual (quer dizer, tirando aquele beijo lá da princesa do Xbox 360 que… Bom, deixa pra lá, só assistir aí acima).