Lembra-se do que aconteceu com Apex Legends? Pois é, quando um novo game estilo Battle Royale gratuito surge, logo um monte de trapaceiros surgem em seus servidores com o objetivo de tirarem vantagem de quem joga limpo, ou ainda que agem de forma tóxica e totalmente inapropriada, coisas que atrapalham demais a diversão da comunidade. 

Isto é algo que a Infinity Ward promete não tolerar de forma alguma em Call of Duty: Warzone.

Segundo atualização do próprio estúdio, mais de 50.000 hackers já foram avaliados e banidos permanentemente dos servidores de Warzone. As práticas ilícitas são sempre as mesmas: uso de programas de trapaça (como aimbots e wallhacks) no PC e conduta inadequada em todas as plataformas (exploração de glitches, insultos de cunho preconceituoso etc.).

Crédito do vídeo: canal CODVODS

A Infinity Ward afirma saber muito bem que, infelizmente, esta é uma guerra sem chances de ser totalmente vencida, mas garante que manterá vigilância 24 horas todos os dias para identificar irregularidades. O estúdio também conta com a colaboração da comunidade, incentivando a todos que reportem jogadores trapaceiros e tóxicos, prometendo que vai investir cada vez mais para que estes canais de denúncias sejam mais dinâmicos e eficazes.

E se você faz parte dessa galera que só sabe causar problemas, caia na real: deixe de estragar a diversão da galera, ou vá se preparando para digitar aquele “hate post” em suas redes sociais depois do banimento…