Agora o Exército Brasileiro contará com sua própria divisão de esports! A Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) recentemente oficializou a criação da agremiação AMAN eSports, e seus integrantes - todos das Forças Armadas - já tiveram uma competição de Counter Strike: Global Offensive organizada entre eles mesmos que foi considerada um sucesso.

Para a AMAN, que pronunciou-se em um comunicado oficial, a iniciativa de inserir os esportes eletrônicos entre seus integrantes tem o objetivo de “aprimorar as habilidades motoras dos futuros líderes do Exército”. 

“Independentemente do resultado, os cinco jogadores de cada grupo ganharam a oportunidade de aprimorar os atributos cognitivos e afetivos, além de aguçar a concentração, o pensamento estratégico e o raciocínio lógico.”

Desta forma, agora o Exército Brasileiro seguirá o exemplo das Forças Armadas norte-americanas, que já contam com equipes de esports (inclusive de Counter Strike) na Marinha, na Academia da Força Aérea e também em seu Exército. Entre eles também são organizados campeonatos universitários, e a prática dos games por lá tem o mesmo objetivo de estimular as atividades motoras dos soldados, bem como suas capacidades sociais e de trabalho em equipe.

Games sendo empregados com sabedoria - isto é sempre uma ótima notícia para nós, gamers, que um dia ainda deixaremos definitivamente de sermos vistos com preconceito.