Se você curte Fortnite e acompanha o cenário profissional do battle royale da Epic Games, provavelmente conhece Kyle "Bugha", norte-americano de 17 anos que faturou o campeonato mundial 2019 de Fortnite pelo seu time, o Sentinels. A vitória garantiu ao rapaz a bagatela de 3 milhões de dólares (mais ou menos 11,4 milhões de reais), a maior premiação individual já paga na história dos eSports.

Mas apesar de ser milionário, nos estudos ele mostrou que anda meio atrasado: em uma de suas streams recentes, Bugha “finalmente” descobriu que o Brasil é um país. O rapaz expressou surpresa com a descoberta, e afirmou que aquilo não era deboche - ele simplesmente não sabia mesmo.

Crédito do vídeo: canal IGN

Como se isso não fosse o suficiente, o pro player de Fortnite também não sabia que a América do Sul é um continente:

“Espera, o Brasil é um país? Não estou trollando! [ele faz então uma rápida pesquisa na internet, e continua] Não, Brasil não é um país. Fica na América do Sul… espera, América do Sul é um continente?!”

Após alguns comentários não muito polidos das pessoas que acompanhavam sua stream, Bugha reafirmou que não estava fazendo alguma piada sarcástica, e que de fato não sabia destas informações. Tratou logo de culpar as escolas dos Estados Unidos e ainda fez uma brincadeira em seu Twitter, onde disse que o mapa de Fortnite era o único que ele conhecia.

É rapaz, complicado…