Em tempos onde títulos como Sekiro: Shadows Die Twice trouxeram a polêmica discussão do “será que todo o game deveria ter um modo muito fácil para não excluir ninguém?”, não é sempre que vemos um lançamento contar com a dificuldade “Very Easy” entre as opções. Death Stranding, misteriosa pérola de Hideo Kojima que prepara-se para seu lançamento, é um destes raros casos.

Recentemente, Kojima disse em seu Twitter que Death Stranding vai mesmo contar com um modo praticamente desprovido de desafio para os jogadores que não ligam pra isso e estão mesmo interessados em conferir as atuações de Norman Reedus, Mads Mikkelsen e das outras estrelas recrutadas para interpretarem os personagens. Como fomos instigados a pensar por Kojima, este será um game onde a trama terá o lugar de maior prestígio sob os holofotes.

Em Death Stranding, o jogador assumirá o papel de Sam Bridges, cuja soturna missão será viajar até um lugar chamado Edge Knot City para recuperar o corpo da sua amiga Amelie. Só que, durante a viagem, Sam terá de fazer o papel de “carteiro”, entregando encomendas em diferentes localidades com o objetivo de ajudar a unificar os povoados da agora chamada “United Cities of America”, uma espécie de Estados Unidos pós-apocalipse.

O lançamento - que chegou a deixar de ser listado como exclusivo para PS4 até voltar a ser classificado desta forma recentemente - deverá chegar ao mercado em 8 de novembro para a plataforma da Sony. As expectativas estão lá no alto, já que Hideo Kojima não cansa de afirmar que este será um game “único e inovador”.