Neste mês de dezembro de 2019, finalmente Phil Spencer nos revelou qual será o próximo passo da Microsoft em direção ao futuro dos video games: o Xbox Series X chegou à mídia fazendo um barulho tremendo, prometendo ser o console mais poderoso já criado na história. Mas como quase sempre acontece com os aparelhos da divisão Xbox, entre seu nome de projeto para o nome final sempre rola alguma confusão - lembra-se do Project Scorpio que, no final, virou Xbox One X?

Pois é: quando a galera já havia se acostumado a chamar o futuro rival do também futuro Playstation 5 de Scarlett, eis que Phil nos apresenta o Series X… Mas recentemente, nos foi esclarecido que o nome final do novo console será somente “Xbox”... E pronto. Nas palavras de um representante da Microsoft:

"O nome que vamos levar para a próxima geração é simplesmente ‘Xbox’. Similar ao que os fãs viram nas gerações anteriores, o ‘Series X’ deixa espaço para futuros consoles adicionais."

Não podemos nos esquecer que “Xbox” também foi o nome do primeiro console lançados por eles para rivalizar com o Playstation 2, lá em 2001. Tal fato está jogando desfavoravelmente contra a Microsoft em termos de publicidade - não faltam pessoas acusando o marketing do futuro aparelho de ser “fraco e carente de criatividade”.

Mas nem tudo é polêmica: outro fato que parece estar confirmado para o Xbox além de seu nome é que ele deverá chegar ao mercado já 100% retrocompatível com games do Xbox One, Xbox 360 e do primeiro Xbox (olha aí, já vai começar a confusão!). As palavras de Phil Spencer sobre isto são encorajadoras:

"Queremos que esses games sigam em frente ao seu lado, mas também queremos que seus  serviços sigam junto. Queremos que seu legado nos games avance com você, seja o seu Gamerscore, lista de amigos, conquistas, arquivos de saves, tudo isso deve avançar para não existir barreiras quando você pensar seguir em frente."

O Xbox modelo Series X está previsto para chegar no final do segundo semestre de 2020. Vai preparando a carteira até lá...