Pois é, o risco trazido pela perigosa pandemia de Coronavírus está mesmo sendo devastador não apenas como ameaça a saúde mundial, como também para muitas indústrias - inclusive a dos videogames: foi confirmado nesta semana que a tradicional Electronics Entertainment Expo, a E3, teve sua edição de 2020 cancelada devido à doença originada na China, mas que já se espalhou para todo o mundo. A informação é da própria ESA (Electronic Software Association), organização responsável pela realização do evento.

Esta é a primeira vez desde que foi criada, no distante ano de 1995, que a E3 precisou ser cancelada por qualquer motivo. A ESA, como não poderia deixar de ser, alegou preocupar-se em primeiro lugar com a saúde de seus funcionários, expositores e demais visitantes. Também afirmou que está estudando possibilidades de realizar uma transmissão oficial ao vivo em junho, para que os grandes anúncios planejados para feira possam ser dados ao grande público mesmo sem um evento físico.  

Porém, para quem acredita que a E3 já anda meio fraca/decadente e que esta poderia ser uma boa desculpa para extinguir de vez o evento, segue confirmada até o momento a realização da edição 2021. Pois é, será que até o ano que vem a Sony resolve reaparecer por lá?