A E3 2018 foi palco de algumas grandes surpresas da Microsoft, Sony e Nintendo, além de muitos anúncios e lançamentos. Um destes foi o exuberante Dying Light 2, da Techland, que só não causou mais surpresa pois boatos corriam pela feira antes mesmo de sua apresentação.

O game, que novamente irá misturar zumbis, sobrevivência e parkour, já teve um primeiro capítulo de grande sucesso, e promete ser ainda mais épico que o original em todos os sentidos: Dying Light 2 conta com Chris Avellone (que trabalhou em Fallout New Vegas) como designer narrativo, que implementará neste novo episódio a mecânica de escolhas feitas pelo jogador que influenciarão a história.

Diretamente da CD Projekt Red, roteiristas que trabalharam em The Witcher 3 também juntaram-se à Avellone para comporem a nova trama de Dying Light 2.

Além de uma boa história, o game também contará com movimentos melhorados, deixando a ação ainda mais afiada e realista. O sistema de combate está sendo aprimorado, e mostrará ainda mais opções e liberdade na hora de criar suas armas com objetos encontrados pelas ruas abandonadas.

O designer-chefe do game, Tymon Smektala, afirmou que o mapa a ser explorado em Dying Light 2 será pelo menos quatro vezes maior que o primeiro, o que deixará o multiplayer ainda mais empolgante. Este mapa também contará com uma riqueza de detalhes e diversidade de ambientes muito maiores que o visto anteriormente.

Por enquanto, Dying Light 2 não tem previsão de lançamento, mas está sendo desenvolvido para PS4, Xbox One e PC. Juntamente com o Remake de Resident Evil 2, ele deverá apavorar os jogadores em 2019 – o ano que vem já promete bastante!