Pois é, quando Phil Spencer disse algumas semanas atrás que o Xbox One X não seria uma experiência para todos”, de fato ele não estava brincando: a partir do dia 7 de novembro (amanhã), o console chegará ao mercado norte-americano e já poderá ser adquirido por aqui na pré-venda. Oficialmente, ele chega ao Brasil somente em 15 de dezembro. O precinho? Só R$4.000. Tranquilo, tranquilo.

Segundo o diretor geral da Xbox no Brasil, Willen Puccinelli, o Xbox One X é um “produto Premium”, que de fato será focado ao público gamer mais hardcore e que busca a “melhor experiência do mercado”. Ele também afirmou que suas “capacidades podem ser comparadas às dos PC Gamers mais modernos” (sim, porque por 4 barões dá mesmo pra montar uma baita máquina para jogar em 4k).

Sobre o valor salgado, a explicação de Willen Puccinelli foi a que já era esperada: altas taxas de impostos brasileiras, o fato deste ser um produto “Premium” e também o fato dele não ser montado no país. Este último ponto está sendo avaliado pela Microsoft, mas por enquanto os aparelhos continuarão vindo montados do exterior.

Ciente de que R$4.000 é um pouco demais para a maioria dos brasileiros, a Microsoft continua apostando nas vendas do Xbox One S, que por aqui sai pelo valor médio de R$2.200. E você – acha que vale a pena investir em um Xbox One X?