Quase não é exagero quando dizemos que, daqui a bem pouco, vão descobrir conteúdo escondido e jamais utilizado no Bloodborne original o suficiente para só com isso já se produzir uma continuação!

Depois de encontrarem criaturas e demônios escondidos entre os códigos do game, uma youtuber que atende pelo nickname de Zullie the Witch fez suas próprias descobertas: alguns glyphs (códigos que permitem acesso a masmorras trancadas) sem acesso dentro do jogo normal. Ao usar o primeiro destes glyphs (o denominado “sikgc3sm"), foi possível encontrar uma masmorra guardada por um chefe que se parece com uma variante do Moon Presence, o desafio final do jogo que normalmente só pode ser enfrentado após coletar os cordões umbilicais. Dá uma olhada:

Já ao usar o segundo glyph (este sob o código "arkhv2vs"), o jogador entra em uma masmorra onde vive uma espécie de cão gigante, chamado de The Great One. Em ambas as áreas descobertas pela youtuber, não é possível encontrar nenhuma lanterna que marca o progresso: para sair de lá, você tem que simplesmente pular em um espaço vazio.

Vale lembrar que este The Great One se parece bastante com um dos monstros descobertos por outro “fuçador” de códigos a pouco tempo. Confira este segundo confronto a seguir: