Depois de passar um mês inteiro em silêncio sobre Anthem, a Electronic Arts/BioWare finalmente lançou no dia 31 do mês passado mais novidades sobre o pacote Cataclysm. Após isso, a comunidade ficou animada com o que a EA teria a apresentar sobre Anthem durante a E3 2019.... Mas todo mundo acabou quebrando a cara.

Durante a feira, no painel da EA Play, o game de muitos robôs e mais bugs ainda teve um tempo ínfimo de apresentação. Nele, porém, o produtor Bem Irving disse que o futuro de Anthem “é promissor”, o que parece pouco diante de tanto desapontamento.

Mas o pior ainda estava por vir...

Crédito do vídeo: canal GamersPrey

Chad Robertson, responsável pelos serviços Live na Bioware, publicou que a EA estava recorrendo aos Game Changers – grupo de influenciadores digitais patrocinados pela companhia – para obter feedbacks sobre como melhorar Anthem, efetivamente fazendo pouco caso da opinião da comunidade. Para os participantes deste último grupo, tal atitude faz parecer que a EA quer mesmo é saber como fazer o game voltar a ser “moda”, não como realmente o salvar de um destino tão desastroso quanto o que atualmente vemos em Fallout 76, por exemplo.

A seguir, mais alguns depoimentos bastante revoltados observados no Reddit do game. E você, também acredita que a BioWare está fazendo pouco para “consertar” Anthem?

"É uma pena e mais uma vez, um grande tapa na cara das pessoas que gastaram dinheiro nisso e estão sendo negligenciados em favor de influenciadores que não têm qualquer investimento no game."

"Escutar os influenciadores simplesmente soa a 'como podemos fazer o game voltar a ser moda' e não 'como podemos corrigir esse game'. É por isso que não os consigo mais levar a sério quando dizem que estão ouvindo o feedback dos jogadores."