Star Wars Battlefront 2 era para ter sido a redenção da EA aos fãs do universo intergaláctico da Disney após os equívocos cometidos no primeiro Battlefront: um modo de história bem completo, mais modos de jogo e melhorias nas mecânicas deveriam garantir 100% de aceitação. A EA Games parecia ter caprichado mesmo, mas logo os jogadores repararam no infeliz sistema de microtransações que dava a faca e o queijo na mão de quem investia altas quantias de grana real em loot boxes. O resultado nós sabemos bem qual foi.

Agora, em recente reunião com investidores da EA, o diretor executivo Andrew Wilson e o diretor do departamento financeiro Blake Jorgensen garantiram que a empresa “aprendeu bastante” com os erros cometidos em Battlefront 2, e que vão passar bem longe deles no vindouro Battlefield 5.

Créditos do vídeo: canal Greenskull

Segundo os executivos, o próximo Battlefield está planejado para ser um dos maiores e mais importantes games já produzidos pela Electronic Arts, e a equipe de desenvolvimento tem planos para lançar ainda muito conteúdo extra aos jogadores mesmo após seu lançamento. Uma extensa e bem trabalhada campanha single player e também um modo Battle Royale já foram confirmados.

Após alguns meses de barulho, parece que o “hate” contra as mulheres em Battlefield 5 esfriou um pouco, restando na maioria dos jogadores a ansiedade pelo dia do lançamento. O game chegará ao PS4, Xbox One e PC em 19 de outubro – só então veremos de fato se a EA aprendeu mesmo com os erros do passado...