Com o imenso sucesso de Fortnite, da produtora Epic Games (que chegou a desistir de Paragon pra focar-se nele), muita gente pode ter esquecido – ou jamais ter ficado sabendo – do fato de que o estilo nasceu no hoje menos popular Player Unknown’s Battlegrounds (ou PUBG para os íntimos). Mas não é por plágio que existe um processo da PUBG Company rolando contra a Epic desde janeiro – o motivo aqui é outro.

Segundo a criadora de PUBG, a Epic Games teria feito uso indevido do nome de seu Battle Royale pioneiro para promover Fortnite em suas campanhas publicitárias. Isto teria ajudado bastante – segundo a parte queixosa – o game a ganhar popularidade que, eventualmente, colocou o sucesso de PUBG em seu espelho retrovisor.

Muita gente não sabe, mas Fortnite começou sua vida sem nem mesmo ter um modo Battle Royale – contava apenas com um modo cooperativo que não fez tanto sucesso. Depois do lançamento bem-sucedido de PUBG, a Epic incluiu o modo em seu já existente jogo. Aliando isto ao fato de que Fortnite é grátis e que está disponível para mais plataformas, o sucesso deste logo superou (e muito) o de PUBG.

Lembrando que H1Z1 também já chegou para tentar uma fatia do mercado. Até mesmo o recém-anunciado Battlefield V poderá receber um modo Battle Royale em seu lançamento! E você, curte este estilo competitivo de jogo?