Já faz um tempo que a série Dead Rising não tem mais tanto destaque, e a baixa na popularidade culminou em uma vendagem fraquíssima do mais recente episódio da franquia, Dead Rising 4. A Capcom esperava fazer um belo barulho com o game, mas além de não vender bem, ele também não gerou muita discussão ou grandes avaliações por parte dos veículos especializados.

Como resultado, a empresa decidiu tesourar a equipe responsável por Dead Rising: foram 50 demissões confirmadas no time da Capcom Vancouver, que trabalhou em todos os episódios da série até então. Além disso, o futuro de Dead Rising já parece bem menos promissor segundo os recentes anúncios da Capcom.

Um novo título, que estava sendo planejado para lançamento futuro e levaria Dead Rising para uma versão alternativa de Nova York, foi cancelado pela Capcom após as demissões. Adicionalmente, foi confirmado que a próxima continuação da franquia deverá ser bem mais “humilde” e “pé no chão” ao focar no básico que fez de Dead Rising o sucesso no qual se tornou.

Será mesmo que ainda veremos esta série voltar a ganhar destaque? Ou os dias de glória de Dead Rising estão acabados?