Que Kratos não vai mais socar a cara de Zeus no próximo God of War, isto já sabemos: a história agora se passará na cultura nórdica, e contará com diversas mudanças no gameplay. Para citar algumas, a exploração será muito mais importante no novo game, além do fato de que o filho de Kratos, Arteus, poderá ajudar a executar alguns inimigos. Também não será mais possível pular e nadar.

Mas o diretor da série Cory Barlog foi mais longe em entrevista recente: afirmou que a mitologia nórdica provavelmente não será o pouso final na história de Kratos – God of War poderá passar-se em outras culturas para games futuros da franquia.

Entre as possibilidades, Barlog citou as mitologias egípcia e maia. A ideia é retratar o protagonista como uma figura de muitas encarnações, que participou direta ou indiretamente de vários momentos culturais lendários. O que acha de ver Kratos como um faraó no próximo episódio de sua saga? O que sabemos ao certo é que o próximo God of War está prometido para breve (início de 2018, sem data confirmada), com exclusividade para o PS4.