Recentemente, a RespawnEntertainment passou a usar em Apex Legends um sistema chamado Easy-Anti-Cheating, e somente este filtro já foi capaz de pegar na malha fina mais de 355.000 trapaceiros na versão para PC. Segundo a produtora, o “banhammer” finalmente chegou ao BattleRoyale, e a vigilância só deverá aumentar daqui para frente.

Eis o que a Respawn teve a declarar recentemente em seu subreddit:

“O sistema funciona, mas a batalha contra os cheaters é uma guerra em andamento para a qual devemos sempre estar nos adaptando e sendo extremamente vigilantes. (...) Nós levamos estas trapaças bastante a sério, e nos importamos profundamente com a integridade de Apex Legends para todos os jogadores”.

Crédito do vídeo: canal UNIRock2

O estúdio também prometeu que aumentará ainda mais sua equipe encarregada de caçar estas pragas virtuais pelos servidores de Apex Legends. Embora nos consoles não haja formas de “enganar” o game utilizando arquivos ilícitos para obter vantagens, a Respawn já está a par de outro problema que ocorre bastante no PS4 e Xbox One: o spam durante a seleção de personagens, seguido de desconexões frequentes. Uma solução para a questão já está em desenvolvimento.