Segundo relatado pela Sophos, empresa de segurança digital, algumas centenas de jogadores que tentaram dar uma de malandros ao baixarem os hacks “Apex Legends New Cheat 0.2.1” de Apex Legends e “CSGO Aimbot + Wallhack” de Counter Strike: Global Offensive tiveram seus dados pessoais, como documentos de identidade e informações bancárias, roubados graças à um vírus que estava oculto entre os arquivos destes programas: um malware chamado “Baldr”.

O mencionado vírus já vasculhou e roubou credenciais, cookies e dados em cache dos usuários infectados que estão baixando os hacks desde o mês de fevereiro deste ano. Isto dá aos programadores criminosos do Baldr informações de cartão de crédito, login de serviços de compras (como Amazon e Paypal), login para Battle.net/Steam/Epic Games e também ou informações de identidade das vítimas. Estas informações são, então, vendidas pela darkweb à outros criminosos que podem usá-las como bem entenderem.

Conselho de amigo: não caia nessas roubadas...

Albert Zsigovits, pesquisador de ameaças da Sophos, relata estar impressionado com a eficiência do malware, mas afirma já estar juntamente a sua equipe rastreando de 500 a 600 instâncias do Baldr internacionalmente. Ainda segundo a Sophos, a maioria dos casos de vítimas deste vírus estão sendo registrados na Indonésia, Rússia, Estados Unidos e Brasil. Pois é, muito brasileiro aí também já entrou pelo cano...